Artigos-Dicas-Conselhos

Porque pintar?

243 0

Todos temos interesses muitas vezes estranhos e às vezes difíceis de entender para os outros. Um desses interesses pode ser a pintura… mas porque pintar?

Algumas pessoas gostam de coleccionar coisas, outros praticam desportos, outros são viciados em música.
Todos nós temos algum tipo de interruptor que nos activa e nos inspira.

Para mim, esse interruptor é a pintura… mas porque pintar? O que tem esta actividade que me cativa a mim e a tantos outros.

Pintar é alem de relaxante, uma incrível descoberta. Cada pincelada é uma nova possibilidade, cada mistura uma nova aventura e cada erro um novo caminho.!

É esta constante descoberta o mais interessante que tem a pintura… Acho que o dia que um pintor saiba tudo, de certeza que abandonará a pintura para começar alguma outra actividade, já que pintar nessa altura tornaria-se um assunto aborrecido.

Quando a pintura não sai como desejamos…

Às vezes há frustração e até desespero quando algo não sai como o imaginamos… Será que também te aconteceu a ti?



É então nesses momentos que devemos dizer: “eu consigo, é só questão de investigar, praticar e tentar de novo”
Após uns quantos retoques e misturas o inesperado acontece.

Sentir como se arrasta pincel sobre a tela, e ver como magicamente se formam novas cores, são sensações que nem todo mundo entende, e eu não sei que hormonas ou neurotransmissores são activados em nosso corpo nesse momento, mas com certeza eles devem estar relacionado com a felicidade.
É por esta razão que eu considero a pintura além de uma paixão, uma excelente terapia anti-stress, anti-envelhecimento e anti-depressivo.

A Responsabilidade do pintor

Para garantir que este interesse continue vivo, é importante escolher os temas que gostamos, coisas bonitas, harmoniosas, com vida e com alegria, porque assim sendo, cada vez que voltarmos a ver as nossas pinturas estaremos recebendo essa influência e sentimento que espalhamos sobre a tela.

Eu sei que a pintura deve expressar o que interiormente sentimos, mas para ser honesta, se eu estou triste não consigo pintar e se o fizer, tento de propósito, colocar cores brilhantes nas pinturas e procurar uma elevação do estado de ânimo através das cores e as pinceladas.

Acho que muitos artistas desperdiçam o seu talento e inspiração com temas depressivos e por vezes macabros … há até génios da pintura que pintam coisas realmente assustadoras.

Ao meu modo de ver, a arte deve contribuir um pouco para colocar o espectador em um nível emocional superior, para transmitir uma mensagem positiva e dar um ponto de inspiração para continuar com suas vidas, que em alguns casos, já são tristes.

Eu gostaria saber agora, porque tu pintas? Deixa os teus comentários sobre este artigo aqui ou na nossa página no facebook.

Uma pintura realmente inspiradora

“O rapto de psique” de Adolphe William Bouguereau
Uma pintura realmente inspiradora.!!!

o-rapto-de-psique

 

Continuamente novos artigos serão publicados para si…



Gostas deste artigo? Então partilha:
Recebe todas as actualizações no teu email...
Dicas e demonstrações para fazer de ti um melhor artista
E ainda, um Ebook "Termos Artísticos Ilustrado" ao subscrever
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website