Desenho

Perspectiva atmosférica na pintura.

1442 12

Perspectiva atmosférica, também conhecida como perspectiva aérea. Na arte, mas principalmente na pintura, este termo se refere a técnica, mediante a qual é possível criar ilusão de distância e profundidade entre os objectos aplicando certas técnicas que implicam a utilização da cor, do valor e da nitidez dos objectos representados.

O que é perspectiva atmosférica

Perspectiva atmosférica ou aérea, é um termo aplicado nas artes plásticas. O nome não deverá ser confundido com o conceito de perspective aérea ou com três pontos de fuga, aplicado no desenho técnico ou na arquitectura.

Perspectiva atmosférica é o efeito visual da luz quando passa pela atmosfera.
O propósito de usar a perspectiva aérea é dar aos nossos desenhos profundidade e realidade, quer se trate de um lugar real ou de nossa imaginação. Para fazer isso, devemos entender o que acontece na vida real.

O que vemos quando olhamos uma paisagem real?

As características e os objectos aparecem mais esbatidos e menos detalhados à medida que se afastam na distância.

Eles também parecem perder cor ou saturação, desaparecendo no fundo. A cor geral é normalmente azul, mas pode ser vermelha ou mesmo dourada, dependendo da hora do dia e das condições atmosféricas.

Um exemplo de perspectiva atmosférica
 

Como utilizar a perspectiva atmosférica?

O conceito de perspectiva atmosférica expressa que, a medida que a distancia entre o observador e o objecto aumenta, o contraste entre os objectos e o plano de fundo decresce assim como os detalhes e pormenores dos mesmos.



Não vale a pena discutir os aspectos físicos e científicos que explicam como e porque a luz é difractada pelas partículas na atmosfera.
Só precisamos ver seus efeitos para saber como aplica-los e desenhá-los. Para isso basta entender que em nossos desenhos, à medida que os objectos se afastam em direcção ao horizonte, precisamos desenhá-los com menos detalhes.

Hoje em dia este conceito pode parecer muito óbvio. No entanto era um aspecto desconhecido no passado. Foi Leonardo Da Vinci quem o estudou e deu a conhecer. Embora não tivesse sido descoberto por ele, é graças a ele “Perspectiva Atmosférica” forma parte do nosso vocabulário artístico.

Perspectiva atmosférica. Exemplo
 

A perspectiva no renascimento

Antes do Renascimento, os objectos mais distantes eram desenhados ou pintados num quadro ou pintura, como estando a mais altura no plano da imagem. Os objectos mais distantes eram também desenhados mais pequeninos, no entanto não eram pintados com menos detalhes ou saturação de cores.

A perspectiva atmosférica ou aérea não formava parte do vocabulário e muito menos parte prática da arte ocidental. Só começou a ser percebida, assimilada e aplicada durante o Renascimento italiano graças ao exaustivo estudo e aplicação de Leonardo da Vinci. Ele lhe deu o nome de: ” perspectiva do desaparecimento”.

Um objecto aparecerá mais ou menos distinto à mesma distância, na medida em que a atmosfera existente entre o olho e esse objecto seja mais ou menos clara. Assim, a maior ou menor quantidade de ar que fica entre o olho e o objecto tornam os contornos desse objecto mais ou menos definidos. Devemos diminuir a definição do contorno desses objectos em proporção à sua distância crescente a partir do olho do espectador
Dos livros de Leonardo da Vinci

NOTA CURIOSA

O descobrimento desta técnica foi do arquitecto e engenheiro do renascimento italiano Filippo Brunelleschi. No entanto ela é erroneamente atribuída a Leonardo Da Vinci pelo facto de ele ter utilizado intensamente esta técnica nas suas pinturas e por ter investigado e escrito muito ao respeito.

Em alguns dos seus manuscritos descreveu a técnica à qual chamava perspectiva aérea, da seguinte maneira:…“as cores se tornam mais claras em proporção a distância da pessoa que esta a olhar para elas. Por tanto se estivermos a 5 vezes a distância do objecto, aclaramos a cor 5 vezes.”

 

Como aplicar a perspectiva aérea ou atmosférica

EM RELAÇÃO A COR:
  • A temperatura da cor é utilizada pare criar o efeito de profundidade, utilizando cores mais frias nos objectos mais distantes e cores mais quentes nos objectos mais próximos.
  • Por exemplo, quanto mais longe os elementos de uma paisagem, mais frias são as cores a utilizar. Para representar os objectos ou elementos nos planos mais próximos deveram ser utilizadas cores levemente mais quentes.
  • Com a distância, as cores são representadas menos saturadas e com tendência a igualar a cor de fundo. No caso das paisagens, esta cor é geralmente azul, mas poderá variar de acordo com a paisagem a representar.
EM RELAÇÃO AO VALOR TONAL OU NITIDEZ:
  • O valor tonal ou escala de valores, luzes e sombras, também são utilizados para representar distância nos desenhos e pinturas assim como a nitidez nos pormenores e detalhes.
  • Os objectos a distancia tendem a ser mais claros e menos definidos enquanto que os objectos em primeiro plano são mais escuros e bem definidos.

 

Outros temas sobre a perspectiva…

 



Vamos a analisar vários exemplos

Analisemos as seguintes duas imagens para estudar este conceito da perspectiva atmosférica.

Exemplo #1

Este primeiro exemplo é uma pintura de Leesha Hannigan
Neste primeiro exemplo é fácil apreciar como as montanhas mais distantes estão representadas mais claras, menos nítidas e com tons mais azuis, que é uma cor fria.

A montanha mais próxima do observador, aparece mais nítida, notam-se os pormenores das rochas e o pormenor da existência da vegetação e tom verde da mentanha.

Exemplo #2

No segundo caso, uma pintura de Claude Monet, chamada “Meadow with Poplars”.
Podemos confirmar que as cores no fundo tendem ao azul, ou seja a cor do céu, uma cor fria. Ao mesmo tempo elas são menos definidas e nítidas que as árvores que se encontram em primeiro plano as quais alem de terem maior definição, estão pintadas com vários tons de verde, que é uma cor quente.

Para confirmar a utilização desta técnica, podemos ver que no plano mais próximo ao observador, existem flores são vermelhas, no entanto a medida que aumenta a distancia, as flores se tornam cor de rosa com tendência ao violeta ( vermelho mais frio), perdendo ao mesmo tempo nitidez.

Perspectiva Atmosférica. Monet

Gostas-te deste artigo?

  • Então volta sempre a “Amopintar”, já que todas as semanas temos artigos novos para partilhar!
  • Segue-nos no Youtube e no facebook
  • Ou então subscreve a nossa “Newsletter” para que recebes todas as actualizações no teu email.
    Além disso, com o teu “Cadastro” poderás ter acesso ao download gratuito do Ebook “Termos Artísticos Ilustrado”



Gostas deste artigo? Então partilha:
Recebe todas as actualizações no teu email...
Dicas e demonstrações para fazer de ti um melhor artista
E ainda, um Ebook "Termos Artísticos Ilustrado" ao subscrever
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website
Artigos recentes
error: Content is protected !!