Pintura a óleo

Conheces estes métodos e técnicas para pintar a óleo?

4050 6

Métodos e técnicas para pintar a óleo, existem e muitos e variados. Por esta razão a técnica de pintura a óleo resulta tão atractiva. Porque esta técnica apresenta grandes possibilidades e vantagens sobre muitos outros tipos de tintas e técnicas.

A tinta a óleo espalha suavemente sobre a superfície da tela, fazendo da pintura um tempo relaxante uma vez que eliminamos da nossa mente a angústia que seria gerada se a tinta secasse rapidamente.

É como se o tempo tivesse parado, enquanto a nossa mão dança ritmicamente com o pincel.

Também é verdadeiramente maravilhoso quando misturamos as cores para formar novas cores. Como se fosse um ato de magia, ligamos as cores e criamos transições suaves, de forma que não da para perceber quando uma cor se torna outra.

Métodos e técnicas para pintar a óleo

Não há dúvida que a textura própria das tintas a óleo contribui para a invenção e utilização de inúmeros métodos e técnicas de aplicação.

  • Podemos porém, aplicar camadas tão finas como as “veladuras” ou tão grossas quanto o “impasto”.
  • Podemos fazer um trabalho meticuloso ao longo de várias camadas sobrepostas como a acontece com a “Grisalha” ou uma obra rápida tipo “Alla prima”.
  • Também podemos aplicar a tinta mediante a técnica do pincel seco.
  • É tão versátil que podemos pintar com pincéis ou com espátulas.

Cada um destes métodos e técnicas para pintar a óleo, podem ser utilizadas isoladamente, misturadas ou como complemento umas das outras.
Convido-te a passeares por cada uma destas técnicas e descobrir o maravilhoso potencial das tintas a óleo.

Pintura Indirecta

#1.- húmido sobre seco o pintura por camadas

Esta é a técnica em que várias camadas de pintura são realizadas ao longo de várias sessões.
As primeiras camadas são as mais finas e diluídas. Progressivamente são pintadas camadas mais grossas ou espessas, aplicando-se a regra conhecida como “grosso sobre magro” ou “espesso sobre diluído”



Esta técnica exige paciência, um pouco de planejamento dos trabalhos e esperar que as primeiras camadas sequem para continuar com as seguintes .
Este é o método mais aplicado por amadores e profissionais. As suas possibilidades são enormes e os resultados e flexibilidade permitem dedicar-se a vários quadros ao mesmo tempo.

Normalmente, a primeira camada é um pré-pintado para dar a tela de uma cor base, bem seja de maneira uniforme em toda a superfície (base tonal), como uma base monocromática para marcar os valores tonais da composição (grisalhe) ou como uma base que marca as cores base para cada objecto na composição.

Ela pode ser usada apenas como um guia ou como um elemento integrante do resultado final deixando-o como um fundo visível.

A sua importância reside no fornecimento de luminescência na obra e para dar uma unidade na pintura com uma cor dominante.

A maioria dos grandes clássicos são pintados com este método, devido aos seus detalhes delicados, definições das pinceladas e ao facto de possuírem uma paleta com poucas cores que os impediam de uma execução mais rápida, tendo que fazer diferentes misturas para chegar para um determinado tom.
Renascimento. Técnica para pintar a oleo: Espesso sobre diluido
A ANUNCIAÇÂO – Leonardo Da Vinci, Renascimento

#2.- “Alla Prima” ou húmido sobre húmido

Significa que o quadro é feito “á primeira”, ou seja, a primeira tentativa. “Alla prima” é feita em uma sessão contínua de pintura, sem esperar pela secagem de qualquer camada antes de passar para a próxima.

As camadas de base são aplicadas e as seguintes se aplicam quando as primeiras ainda estão húmidas.

Dada a complexidade e habilidade necessária, normalmente se utiliza esta técnica para realizar quadros de menor tamanho e por artistas mais experientes.

Vincent Van Gogh, Monet e no geral os grandes pintores impressionistas utilizaram o método de “Alla Prima” para realizar as suas obras. Foram eles que popularizaram este método entre os artistas.

Claude Monet- Tecnica para pintar a oleo.  Impressionista
O ESTANQUE FDOS NENUFARES – 1899, Claude Monet

Metodos de pintura a ólero por Van Gogh
IRIS LIRIOS – Van Gogh 1889

Técnicas ópticas

Continua a ler o artigo na próxima página…



Gostas deste artigo? Então partilha:
Recebe todas as actualizações no teu email...
Dicas e demonstrações para fazer de ti um melhor artista
E ainda, um Ebook "Termos Artísticos Ilustrado" ao subscrever
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website
Artigos recentes
error: Content is protected !!