Pintura a óleo

Eu AmoPintar a óleo. As minhas técnicas preferidas.

888 7

Eu AmoPintar a óleo.
Pintar a óleo, é um desafio interessante.
Para quem não sabe, há tantas técnicas para pintar a óleo como técnicas de pintura em geral existem.
Só valendo-nos da a nossa imaginação podemos criar uma nova técnica.

Eu AmoPintar a óleo.

A técnica de pintura a óleo é muito versátil. As diferentes formas de aplicação têm mudado ao longo da historia. Com cada forma de aplicação os resultados variam.

As técnicas

Podemos pintar a óleo utilizando muitos, variados e tradicionais métodos tais como:

  • “Fat over Lean” – Grosso sobre fino
  • “wet-on-wet” – Húmido sobre húmido
  • “wet-on-dry” – Húmido sobre seco
  • “Plain air” – Pintura ao ar livre
  • “Velatura” – Sucessão de camadas finas
  • “Impasto” – Camadas grossas de pintura
  • “Tecnica Mista” – Utilizando varios medios.
Os temas

Utilizando qualquer uma das técnicas acima nomeadas, podemos pintar uma infinidade de temas…

  • Podemos pintar abstractos, figurativos, realistas, hiperrealistas, e utilizar estilos como o impressionismo ou pontilhismo.
  • Podemos fazer obras multicoloridas ou monocromáticas…
  • Podemos escolher temas específicos e pintar marinas, figuras, retratos, animais, paisagens, abstractos ou natureza morta.

As minhas técnicas preferidas.

Pintar por secções.

Poucas vezes utilizo esta técnica.
Ela consiste em dividir a tela em pequenas secções e pintar cada secção completamente com todos os pormenores, para depois passar para a próxima secção.
Muitos desenhadores utilizam esta técnica, principalmente aqueles que trabalham com lápis ou carvão e muito especialmente quando trabalham o hiperrealismo.

Para mim esta técnica é muito útil quando tenho por exemplo, um rosto que tem a volta um fundo variado. Esta técnica permite escolher cada pequena secção desse fundo e pinta-lo completamente antes de passar para a próxima secção. Como todas as técnicas tem o seus prós e contras



Técnica pos secções

PROS:
Permite ir trabalhando conforme temos disponibilidade, uma secção cada dia.

CONTRAS:
É necessário perceber muito sobre desenho e pintura, escala de valores e mistura de cores.
Imagina que estas a pintar uma tela com uma figura humana. Estas a pintar o braço e paras a meio. Para continuar amanhã deves saber exactamente misturar as cores como o fizeste ontem. Caso contrário se notará a diferença.

Pintar com veladuras

Esta é uma técnica de pintura muito utilizada na pintura clássica
Consiste em pintar com diferentes camadas, começando pela camada chamada “Imprimatura”, a seguir a camada de sombra (com Burnt umber), a seguir a camada morta (a preto e branco) e finalmente a camada de cor e a camada de finalização.

O processo leva muito tempo a fazer, mas o resultado é extraordinário.
Existe ainda uma técnica conhecida como a técnica flamenga de pintura na qual o processo inclui sete camadas de pintura até chegar ao fim.

Tecnica de veladuras

Como todas as técnicas tem os seus Prós e Contras… claro que desde o meu ponto de vista.
PRÓS:
O resultado é único. Dificilmente outra técnica permitirá um resultado como o que obtemos com esta técnica.
A profundidade das cores e a suavidade das transições são únicas.

CONTRAS:
Pintar com esta técnica leva muito tempo, já que devemos deixar secar cada camada antes de aplicar a outra.
Convêm fazer vários quadros ao mesmo tempo para poder aproveitar o tempo morto entre a secagem das camadas

Tecnica de veladura final

Técnica de bloqueio com cores.

Realmente não sei que nome dar a esta técnica, mas é a minha preferida.
Basicamente é uma técnica que mistura a pintura directa e as camadas.

Esta técnica é uma espécie de híbrido entre a primeira e segunda técnica que mencionei anteriormente.

  • Primeiro fazemos o bloqueio de todo o quadro com um género de camada primária de cores com a qual organizamos e visualizamos toda a composição.
    Pintamos todo o quadro “bloquendo” cada área com a cor que lhe corresponde para depois detalhar a pintura. Este bloqueio de áreas é feito com uma escala de valor de tons intermédio. Desta forma podemos aplicar por cima os tons mais escuros e os mais claros.
  • A seguir pormenorizamos a composição começando no plano mais longe até o mais próximo.

Técnica de Bloqueio de cor.

Como eu utilizo esta técnica, acho ela maravilhosa e honestamente não encontro contras só encontro prós. Mas como devo ser imparcial, aqui vos deixo os prós e contras desta técnica.

PRÓS:
É uma técnica rápida, já que só precisamos deixar secar aquela camada que corresponde ao bloqueio primário de cores.
Podemos criar também um efeito de áreas acabadas e áreas inacabadas, o que proporciona interesse a composição.

CONTRAS
Para quem gosta pintar rápido, num tipo de técnica “wet on wet”, esta técnica é mais lenta.
Para quem gosta acabamentos perfeitos, hiperrealistas, luminosos e aveludados como se conseguem na técnica clássica, esta não é a técnica.

Pintura a óleo por Magaly Gouveia

Gostas dos nossos artigos?

  • Então volta sempre a “Amopintar”, já que todas as semanas temos artigos novos para partilhar!
  • Segue-nos no Youtube e no facebook
  • Ou então subscreve a nossa “Newsletter” para que recebes todas as actualizações no teu email.
    Além disso, com o teu “Cadastro” poderás ter acesso ao download gratuito do Ebook “Termos Artísticos Ilustrado”

Mais temas para ti…



Gostas deste artigo? Então partilha:
Recebe todas as actualizações no teu email...
Dicas e demonstrações para fazer de ti um melhor artista
E ainda, um Ebook "Termos Artísticos Ilustrado" ao subscrever
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website
Artigos recentes
error: Content is protected !!