Desenho

Desenhar com a quadrícula.

582 0

A técnica da quadrícula foi e é amplamente utilizada pelos artistas desejam reproduzir com maior precisão os objectos ou figuras que pretendem pintar.

Especialmente popularizado pelos artistas foto-realistas, esta técnica consiste em utilizar uma quadrícula sobreposta a fotografia original como meio para reproduzir distâncias e proporções em maior escala.
 

A preparação da imagem:

  • Escolher uma imagem clara e com boa resolução. Recomenda-se digitalizar ou fotocopiar esta foto a fim de não danificá-la. De ser possível, deverá ser ampliada até um tamanho A4.
  • Decidir o tamanho da quadricula.

O suficientemente pequena para permitir abranger o maior número possível de linhas de referência, mas não tanto que possa dar espaço a confusões.
Para o tamanho definido da fotografia, realizar uma quadrícula de 1x1cm ou 1,5×1,5cm

O trabalho no papel:

Utilizando um lápis fino realizar a quadrícula no papel certificando-se que este seja proporcionalmente maior a fotografia original duas, três ou quatro vezes, dependendo do tamanho final que se pretende para a reprodução.

  • Começar a delinear a figura da fotografia, sobre o papel quadriculado, começando de forma metódica de cima para baixo ou da forma da sua preferência, mas sempre seguindo certo ordem de forma a não esquecer nenhum detalhe.
  • Os pontos de intersecção da figura ou imagem com a quadrícula na fotografia, serão as referências para localizar a imagem ou figura no papel quadriculado.
    Conforme vai avançando no desenho pode ir apagando as linhas da quadricula cuidadosamente a fim de não apagar também a figura.

A seguir, poderá dar sombra e volume ao desenho.
Se preferir poderá ir delineando e desenhando simultaneamente aproveitando as linhas referenciais que a quadrícula proporciona.

Toda esta informação e muito mais, poderá encontra-la no Vídeo-Workshop “Desenhar o rosto em pastel seco – Nível Básico”

Algumas dicas interessantes

  • Para o processo de delineado, deverá utilizar um lápis fino e afiado, como o HB por exemplo. Não utilizar um lápis muito duro como o F porquê deixará vincos no papel.
  • Si se tornar difícil e confuso identificar cada quadrado dentro da grelha geral, identifique por exemplo as linhas superiores com números e as linhas verticais com letras, assim cada quadrado da quadrícula geral terá um número de identificação composto de uma letra e um número. Também poderá tentar tapar parte do original e trabalhar por secções.
  • Se estiver a desenhar por exemplo uma natureza morta ao vivo, também resultará de grande ajuda realizar uma quadrícula e coloca-la como fundo na sua composição. Não esqueça, fechar um olho (sempre o mesmo) e observar sempre a partir da mesma distância, para evitar o efeito de distorção produzido pelos diferentes pontos de vista de cada olho.

Mais Dicas AQUI!!!



Gostas deste artigo? Então partilha:
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website