Teoria da cor

Como criar uma cor específica?

973 0

A MAIOR DÚVIDA DE QUALQUER ARTISTA FRENTE A SUA PALETA DE CORES É: COMO CRIAR UMA COR ESPECÍFICA?

Para poder definir e representar adequadamente uma cor qualquer, devemos ter em consideração vários conceitos: cor ou matiz, tendência, intensidade, claridade, saturação.
Podemos sem dúvida, perceber como criar uma cor qualquer do circulo cromático, se durante o processo de mistura das cores, nos fizermos várias perguntas como as que passaremos a referir.

#1 QUE COR É ESTA?

A resposta a esta pergunta será: Esta cor é vermelha, amarela, azul, verde, cinza, violeta, etc.

#2 ESTA COR É PURA OU DERIVADA DE ALGUMA OUTRA MISTURA?

A cor que queremos representar pode ser exactamente aquela que obtemos do tubo, mas também pode ser o resultado de uma mistura diferente e inusual.
Então se não for uma cor pura, a pergunta que devemos fazer é: Qual é a tendência desta cor? Para que outra cor, tende esta cor?

Uma cor vermelha pode ter tendência ao laranja ou ao violeta, um amarelo pode tender ao verde ou ao laranja, um azul pode ter tendência ao verde ou ao violeta, um cinza pode ser neutro ou ter tendência para uma cor quente ou fria, uma cor fria pode tender a uma cor cálida ou vise-versa.

#3 ESTA COR É BRILHANTE OU APAGADA?

Quando uma cor é brilhante, esta se apresenta na sua maior intensidade, mas quando esta cor é “apagada”, devemos observar se a sua tendência é para o cinzento e em que grau.



Um vermelho pode estar manifestado na sua máxima intensidade, saturação ou brilho ou conter uma certa quantidade de cinzento (saturação média) ou ser simplesmente cinza, com uma pequena quantidade de vermelho (saturação baixa)

#4 ESTA COR É CLARA OU ESCURA?

Neste caso, devemos analisar o grau de claridade ou escuridão da cor que observamos, e verificar a sua posição nos valores da escala.

Como criar uma cor?

exemplo de como criar uma cor
Para reproduzirmos uma cor como, por exemplo, o violeta “A” que aparece na imagem, devemos proceder da seguinte maneira:

A.- Escolhemos o violeta mais parecido que tenhamos na nossa paleta.
Para isso basta escolher a cor do tubo de tinta a óleo e o aplicamos na tela.
A seguir analisamos qual a diferença mais predominante que observamos em relação a cor original: Esta maior diferença é de tendência, de saturação ou de tom?

A maior diferença é de tom, pelo que adicionamos branco para conseguir um tom mais claro.

B.- A seguir observamos de novo e perguntamos qual é agora a diferença com o tom original.
Verificamos que esta diferença é agora de tendência, já que a nossa cor tende para o vermelho e o original tem mais tendência para o azul.

Por tanto adicionamos mais azul, e também branco se observarmos que a cor fica muito escura.

C.- Agora perguntamos ¿qual é a maior diferença com a cor original?

E observamos que a maior diferença é de intensidade, já que a nossa cor é mais brilhante enquanto que o original é mais cinza.

Por tanto adicionamos um pouco de cinza a mistura ou então o seu complementário. Neste caso adicionando amarelo/laranja, obtemos a cor desejada.

Outro exemplo de Como criar uma cor?

Como criar uma cor a óleo
Para criarmos este amarelo marcado com a letra “B”, devemos seguir o seguinte procedimento:

A.- Tomamos a cor mais parecida da nossa paleta.
Neste caso o amarelo cádmio é o mais parecido. Aplicamos na tela esta cor e analisamos qual a maior diferença entre esta cor que acabamos de aplicar e aquela cor que queremos reproduzir.

Obviamente a nossa cor é muito clara por tanto a diferença é de tonalidade.
Para escurecer a cor, adicionamos uma mistura de carmim e verde (dá como resultado violeta) já que adicionar negro alteraria completamente a cor amarela.

Recomendamos que faça esta experiência por si próprio…

B.- Verificamos e observamos que a cor que obtivemos continua ser mais clara que a original.

Devemos então, reduzir a intensidade da cor aplicando o complementário (violeta que é a combinação de carmim e azul) .

C.- Observamos e concluímos que agora a cor tem tendência para o vermelho

Para diminuir esta tendência, adicionamos o complementário do vermelho que é o verde e assim obtemos a cor exacta.

Duas dicas importantes

  • Recorde sempre as três mais importantes características da cor: “COR, INTENSIDADE OU SATURAÇÃO, E TOM (VALOR TONAL)
  • Escolha qualquer cor que encontre a sua volta e tente representa-lo seguindo o procedimento que explicamos aqui.
  • Pratique muito… só conseguirá criar uma cor quando o seu olho estiver habituado como resultado da prática.

Mais Dicas AQUI!!!



Gostas deste artigo? Então partilha:
Recebe todas as actualizações no teu email...
Dicas e demonstrações para fazer de ti um melhor artista
E ainda, um Ebook "Termos Artísticos Ilustrado" ao subscrever
Magaly Gouveia
Magaly Gouveia

Magaly GouveiaAutora do Blog

Amopintar" foi criado com o intuito de ensinar a desenhar e pintar...e partilhar conhecimentos, dicas, dúvidas e emoções, com quem tambem Ama Pintar!

Website
error: Content is protected !!